O que uma vending machine e a sua cerveja tem em comum?

sxsw 2019

SXSW19: O que você precisa saber sobre varejo automatizado antes da abrir sua próxima cerveja.

Durante o SXSW 2019, eu e mais alguns colaboradores da iD\TBWA nos correspondemos com Austin para debater os temas dos principais painéis e as novidades mais interessantes. Essa é uma delas.

Imagine a cena: você está no show da sua vida, banda no palco, tá chegando a hora daquela música digna de acender isqueiro e o inesperado acontece: acaba a cerveja. O que você faz?

Se você tem ido a shows, sabe que comprar cerveja nessas ocasiões é uma jornada dolorosa e cheia de filas. Mas como diria Freddy Mercury: show must go on.

No estande da Civic Secure Identity Ecosystem, no SXSW 2019, uma luz se acende para iluminar não só o palco do seu show imaginário, mas também o futuro da mobilidade e do varejo automatizado: uma vending machine que identifica sua idade e efetiva o pagamento da sua cerveja em uma única transação via app.

Parece simples? Nem tanto. Se você parar pra pensar, biometria, mobile payment, digital wallet já não são conceitos tão novos. Faltava juntar as pontas, simplificar o processo de verificação de identidade lá na ponta, afinal, seus dados pessoais, cartão de crédito e uma infinidade de informações já estão no sistema. Restava usá-las de um jeito mais esperto.

Parece que deu certo. A novidade vem de Austin para abrir um mundo de oportunidades para mercados de serviços e produtos com venda restrita, como remédios e bebidas alcoólicas. Uma revolução silenciosa que deixa a era das velhas vending machines de livros, lanches e refrigerantes para trás.

Enquanto você espera o próximo show com vending machines inteligentes pertinho de você, vou ali pegar uma cerveja, pagar com cartão de débito no balcão e mostrar o RG só pra poder dizer pros mais novos, no futuro, como isso era chato. Cheers!

Este artigo foi criado originalmente no LinkedIn, para a agência iD\TBWA.

About

Publicitário, pós-graduado em Gestão de Marketing e com mais de 15 anos de experiência como criativo, escreve em blogs desde 2004, adora Instagram, é cervejeiro, sneakerhead e autor do livro
 "Hora do gole, aquela pausa entre umas e outras".

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: