Racismo na cerveja: o amargo que não devemos engolir

Quando uma cervejaria sofre ataques de ódio e racismo por se posicionar em prol dos negros, isso não é só sobre ela. É sobre todos nós: seres humanos e, claro, profissionais do mercado de cerveja.

Antes de seguir, responda: quantas pessoas ou negócios você ajudou recentemente, principalmente na quarentena? São muitos exemplos de casos em que mobilizações não só ajudaram, mas mostraram que ao nos colocarmos no lugar do outro pra entender, respeitar sua dor, e ajudar sem buscar nada em troca, não ajudamos só ao outro, mas a nós mesmos.

Acredito muito nisso se você também acredita, te convido a ler esse post até o fim e responder ao convite que te faço lá. Bora?

Infelizmente, muitas pessoas ainda não acordaram pra reflexão que a pandemia trouxe

A pandemia exaltou o melhor e o pior do ser humano. E a vítima dessa vez foi a Cervejaria Implicantes, de Porto Alegre. Uma pequena cervejaria como tantas outras, fruto do sonho de pessoas apaixonadas pelo que fazem e que se uniram para compartilhar esse sonho através de suas cervejas. Uma história que você e eu conhecemos tão bem, mas que acabou em ataques de ódio e racismo.

Assim como vários negócios, a Implicantes sofreu com a pandemia e para tentar sobreviver, lançou um financiamento coletivo online onde você escolhe uma cota pra ajudar e ganha produtos em troca, inclusive cerveja. Note: um financiamento coletivo, feito numa plataforma oficial, por uma cervejaria pequena e honesta e que como tantos outros negócios, tenta todos os meios para não fechar. Inclusive, você pode ajudar clicando aqui.

Mas racistas são ignorantes e não tiram férias

Um dos posts divulgando o financiamento coletivo recebeu uma chuva de comentários racistas com todo tipo de ofensa, agressividade e, acima de tudo, a mais absoluta ignorância e falta de noção de pessoas que, infelizmente, circulam entre nós e ainda pagam de boa gente.

Aqui, a imagem do post divulgando o financiamento online pedindo adesão:

implicantes

Abaixo, alguns dos comentários, publicado pelas mulheres do perfil Pretas Cervejeiras e que, infelizmente, não podem mostrar os autores que são muito corajosos, mas só na internet:

Pretas Cervejeiras

 

Veja mais comentários absurdos aqui:

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Hora do Gole® by Eduardo Sena (@horadogole) on

Através da AfroCerva, um coletivo do qual faço parte e que reúne sommeliers e profissionais negros do mercado cervejeiro, que ainda são poucos, mas que está trabalhando para mudar essa realidade, tive contato com muito mais comentários e a identidade de todos os autores e autoras. Vocês ficariam surpresos com tanto ódio e a mais absoluta ignorância, vindo de gente que não tem respeito pelos negros e entende a cerveja como propriedade branca.

Recomendo, inclusive, a leitura do ótimo artigo do Marcio Beck, para a Farofa Magazine, onde ele desconstrói de forma clara e didática o argumento de gente que chegou ao auge de dizer que a Implicantes está “se apropriando culturalmente de uma bebida de brancos (nórdicos)”.

O motivo de tanto ódio: sim, a Implicantes é uma cervejaria feita por pretos

A Implicantes é uma cervejaria fundada e gerenciada somente por negros, que além de ajudar a comunidade com eventos de arrecadação para ajudar pessoas em situação vulnerável, e fomentar a circulação do black money (dinheiro circulando entre pessoas negras), resgata figuras históricas e a ancestralidade do povo negro nos rótulos de suas cervejas. Não à toa, é conhecida como a “Primeira Fábrica Cervejeira Negra do Brasil”. Feita por pretos, mas feita para todos.

A única menção de cunho racial na postagem foi a de que somos a primeira Fábrica Cervejeira administrada por negros no Brasil. Aqui, parece ser necessário frisar que o fato de sermos a primeira fábrica cervejeira negra não é dito para fins meramente comerciais, nem para vender apenas para pessoas negras. A intenção é que o Povo Preto saiba que eles estão sendo representados neste mercado que até ontem era majoritariamente branco.

“Por causa dos ataques à postagem, o Facebook, de forma incompreensível, havia retirado a publicação do ar e restringido a conta de quem postou. Após um tempo, a postagem retornou e os ataques continuaram, havendo manifestações extremamente ofensivas direcionados não só a quem publicou mas também a sua família. – Cervejaria Implicantes, em post no Instagram.

Tive a oportunidade de ter uma conversa muito inspiradora com o Diego Dias, um cara batalhador como eu e você, e um dos fundadores da cervejaria. Nessa conversa ele contou um pouco sobre suas origens, os desafios de fazer cerveja e em um mercado sem representatividade e os motivos de seguir em frente com o projeto, você pode assistir abaixo.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Hora do Gole® by Eduardo Sena (@horadogole) on

Contra a ignorância e o ódio: amor e empatia

A pandemia trouxe uma tragédia, mas também nos lembrou que tudo que somos e temos não é nada diante da morte. Milhares de pessoas ajudaram seus bares nessa quarentena, seja por iniciativas como as que a Heineken e a Ambev criaram, ou mesmo o pessoal do SIPLovers, no caso da coquetelaria. Tá tudo certo. E claro que você também pode não se identificar e simplesmente não querer ajudar uma ação por vários motivos, é do jogo. Mas é preciso ser humano e ter respeito pelo outro, seja ele quem for, seja qual for sua cor.

Se você chegou até aqui, te convido a fazer mais

Photo by Ehimetalor Akhere Unuabona on Unsplash

Você não precisa ser negro pra ajudar uma empresa que tenha como propósito ajudar a comunidade negra. Mas se colocar contra o racismo e contra quem propaga ódio é obrigação de todos, pois se omitir é fazer parte.

Se você se revoltou com os ataques racistas e de ódio que a Implicantes sofreu, devolva com o seu melhor: solidariedade. Ajude a divulgar essa campanha, dê voz a ela e se puder, ajude contribuindo.

Clique aqui para entrar no financiamento coletivo online

Mesmo que não ajude com dinheiro, compartilhe nas suas redes e dê visibilidade. Não vamos calar os racistas com isso, ainda leva tempo pra educá-los. Mas podemos mostrar pra eles o verdadeiro espírito que envolve a cerveja: respeito, união e confraternização.

Aqui o post da marca sobre a financiamento coletivo online. Bora compartilhar?

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Implicantes (@implicantesmc) on 

Photo de destaque by Eeshan Garg on Unsplash

Quer entender mais sobre como combater o racismo?

Leia um dos livros brasileiros mais vendidos e que trata de algo fundamental nesse contexto: Pequeno Manual Antirracista, link abaixo.

Leia também o post sobre a Cervejaria Dogma e a Cerveja Cafuza aqui

About

Publicitário, pós-graduado em Gestão de Marketing e com mais de 15 anos de experiência como criativo, escreve em blogs desde 2004, adora Instagram, é cervejeiro, sneakerhead e autor do livro
 "Hora do gole, aquela pausa entre umas e outras".

You may also like

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: