Vai Brasileiragem é o comercial da Nike para a Copa 2018

“Vai na Brasileiragem” é o filme da Nike para a Copa do Mundo da Rússia e provoca a Seleção e os brasileiros a abraçarem a essência do nosso futebol.

Lançado em 31 de maio, o filme da campanha para o Mundial da Rússia prepara para o pontapé inicial, marcado para o dia 14 de junho. Batizada de “Vai na Brasileiragem”, a campanha busca inspirar cada brasileiro a abraçar o espírito do nosso futebol e a valorizar o nosso jeito único de jogar.

Vai Brasileiragem: Filme Nike

O filme, que será veiculado em tv aberta, canais a cabo, redes sociais e canais digitais, conta com a participação de atletas da Seleção – como Philippe Coutinho, Marquinhos, Willian e Thiago Silva -, a lenda Ronaldo Fenômeno, além de jovens promessas do futebol nacional. Influenciadores digitais e artistas também foram convocados para enriquecer a produção.

Produzido pela Wieden+Kennedy São Paulo, o  vídeo tem como inspiração a Brasileiragem, conceito que celebra a verdadeira identidade do futebol brasileiro, que nasce nos campinhos de rua e acompanha os atletas até os maiores e mais famosos palcos do esporte. Junção de BRASIL e BOLEIRAGEM, essa essência traduz o que o futebol verde e amarelo representa para o mundo: cinco mundiais, os melhores jogadores da história e a seleção mais respeitada do planeta. Tudo isso aliado à identidade autêntica do país da bola, manifestada na arte da rua, na ginga, na marra e em nosso jeito único de jogar.

“Quando falamos de inspiração, logo nos vem à cabeça a história do Brasil no futebol”, afirma Daniel Paz, diretor sênior de Marketing da Nike do Brasil, que acrescenta: “O nosso desafio foi buscar as referências e deixar clara essa energia que o brasileiro tem quando a bola começa a rolar. Sem dúvida alguma, a Brasileiragem é algo que ninguém pode copiar.”.

O conteúdo de 100 segundos tem como mote principal a inspiração gerada pelo talento e comprometimento do futebol brasileiro ao longo das décadas, passado de geração em geração como em nenhum outro país. Nos bastidores de uma partida, dentro de um vestiário, Philippe Coutinho assiste pelo celular um vídeo que questiona se ainda existe a Brasileiragem no futebol brasileiro. A partir disso, a história se desenrola numa cadeia de inspirações que vai além do futebol tradicional, abordando também elementos da nossa cultura. Com direito a rolinho e passes cheios de malandragem, o drible que Coutinho aplica em Willian dentro do vestiário da Seleção e a resposta do atleta toma as ruas após ter o vídeo viralizado por Thiago Silva e Marquinhos.

Entre “chapéus”, “dribles”, “carrinhos” e “chutões”, a Brasileiragem surge na brincadeira entre crianças no meio da rua, no terrão, na várzea, no society, o que reforça a improvisação e o futebol moleque que só o brasileiro tem.

O mote “Brasileiragem inspira Brasileiragem”, uma das grandes bandeiras de toda a campanha, permeia diversos momentos da produção. Exemplo disso é a cena que mostra uma garota fazendo embaixadinhas em seu quarto até chutar a bola pela janela, cercada por dezenas de pôsteres do seu ídolo no esporte, a jogadora Andressa Alves, meio-campista da Seleção Brasileira e do Barcelona.

Vai Brasileiragem: Filme Nike

Ronaldo Fenômeno aparece novamente em uma produção da Nike dentro de um aeroporto. Dessa vez, 20 anos depois do icônico vídeo marcado pela histórica geração de 1998, em que ele driblava e trocava passes com os craques da Seleção da época, o Fenômeno novamente frustra as crianças ao errar o gol montado numa trave improvisada.

Novos nomes do cenário do esporte, artístico e digital, também são convidados para compor o elenco. Revelações do futebol nacional, como David Neres, Lucas Paquetá, Paulinho, e Vinícius Jr., aparecem jogando uma partida de pebolim. Enquanto Caio Lo, do canal de Youtube Banheiristas, e o gamer Wendell Lira protagonizam uma disputa no videogame tentando controlar, sem sucesso, o camisa 10 da Seleção. O rapper Fabio Brazza também participa numa cena de batalha de rima. A mensagem não poderia ser outra: apenas o futebol é capaz de unir diferentes gerações, costumes e crenças em torno de uma só paixão.

Vai Brasileiragem: Filme Nike

Uma campanha sobre inspirações não poderia ficar sem a imagem de Neymar Jr. O camisa 10 da Seleção, aparece entre figurinhas de álbuns, muros, pôsteres e até em forma de amuleto, trazendo à tona toda admiração, respeito e, principalmente, confiança que o torcedor brasileiro deposita no jogador.

Os segundos finais do vídeo guardam um dos momentos mais emocionantes da campanha. Kauã, jovem jogador de base, que recentemente viralizou na internet liderando a preleção antes de um jogo do sub-10, dá o tom do que os mais de 200 milhões de brasileiros esperam da Seleção. Aos gritos de incentivo antes de um jogo, Kauã e seus colegas de time se misturam aos craques da seleção atual e aos diversos personagens do filme num único time, e com frases de impacto, o pequeno nos faz sentir o peso que só a seleção pentacampeã mundial carrega.

Vai Brasileiragem: Filme Nike

Quer cantar junto? Tome nota:

Agora é para mostrar porque a gente está treinando.
Olha a oportunidade que a gente tem.
Olha onde vocês estão.

É para chegar lá e passar por cima

É para dar a vida, parceiro
Isso aqui é Brasil.
É sem medo
Essa camisa aqui tem história.

 

Via Assessoria

About

Publicitário, pós-graduado em Gestão de Marketing e com mais de 15 anos de experiência como criativo, escreve em blogs desde 2004, adora Instagram, é cervejeiro, sneakerhead e autor do livro
 "Hora do gole, aquela pausa entre umas e outras".

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: